Durante minha campanha para a prefeitura da cidade de São Paulo, pessoas imbuídas de má fé e comprovadamente ligadas a outras siglas, inventaram 31 motivos para não votar em mim. Porém para cada um destes motivos infundados, tenho respostas baseadas em fatos e provas. Confira:

Não existe inquérito, denúncia e nem processo referente a CPI do Narcotráfico contra mim. Foi uma tentativa de advogado investigado de se livrar da sua responsabilidade nas denúncias de tráfico de drogas e crime organizado que estava sofrendo. O objetivo é desconstruir a minha imagem, como estão tentando agora.

 

 

Resposta à afirmação enganosa a seguir:

15) Você sabia que Russomanno já foi acusado de suborno na CPI do Narcotráfico? Durante a CPI, ocorrida em 1999, o motorista Adilson Frederico Dias Luz acusou Russomanno, que era sub-relator da comissão, de suborno. O objetivo, segundo Adilson, era que ele acusasse o advogado de Campinas, Artur Eugênio Matias. O motorista afirma ter implicado o advogado em troca de sua liberdade. Na época a OAB-SP comunicou o fato às corregedorias do Tribunal de Justiça e do Ministério Público de São Paulo.

 

Foto: Douglas Gomes