Durante minha campanha para a prefeitura da cidade de São Paulo, pessoas imbuídas de má fé e certamente ligadas a outras siglas, inventaram 31 motivos para não votar em mim. Porém para cada um destes motivos infundados, tenho respostas baseadas em fatos e provas. Confira:

Fui inocentado do processo referente a agressão a um funcionário do Instituto do Coração. Eu estava defendendo dois idosos com problemas de coração que passavam mal, não conseguiam respirar e não foram atendidos no pronto socorro. Esse processo foi fruto de um desentendimento com o segurança e só me dignifica, pois o meu trabalho é defender o cidadão e vou continuar fazendo.

 

 

Resposta à afirmação enganosa a seguir:

14) Você sabia que Russomanno já foi réu no STF por lesão corporal? Segundo denúncia do MPF, Russomanno teria desacatado e agredido um funcionário do Incor (Instituto do Coração) de São Paulo que estava no exercício de suas funções, além de ter danificado a porta do pronto-socorro. O incidente ocorreu no dia 23 de outubro de 2002. O Supremo Tribunal Federal recebeu do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo os autos do processo (INQ 1794) que o então deputado federal Celso Russomanno respondia por lesão corporal dolosa contra Luiz Antônio Pessin, funcionário do Incor na época.

 

Foto: Douglas Gomes